O funcionamento e os benefícios do IBM Cloud Pak for Applications

É possível modernizar negócios através do desenvolvimento de aplicações ágeis, proativas e capazes de amadurecer operações, além de reduzir custos com a manutenção de serviços ou licenças. Conheça neste artigo um dos principais Cloud Pak da IBM.

Entendendo a abordagem do IBM Cloud Pak for Applications

O ciclo de vida das aplicações influencia diretamente na qualidade operacional de um negócio. Tornar esse processo o mais moderno e eficaz possível é se comprometer com o desenvolvimento de solução apta para lidar com as novas necessidades do mercado. 

O IBM Cloud Pak for Applications prioriza sua atuação em duas abordagens principais: modernizar aplicações através da atualização de seus componentes e criar aplicativos de alta performance.

Seja revitalizando sistemas tradicionais ou desenvolvendo aplicações modernas, ambas ações visam a promoção de flexibilidade, escalabilidade e ampla conectividade. Sendo assim, recorrer aos recursos da computação em nuvem é garantir a vigência desses critérios.

Aplicativos elaborados em cloud são facilmente escaláveis, além de obterem atualização simplificada e desempenho econômico.

Como o IBM Cloud Pak for Applications funciona?

Hoje, responder às mudanças com agilidade e assertividade define a relevância de uma solução. O Cloud Pak for Applications possui ferramentas para obter um diagnóstico prévio sobre o negócio, entendendo suas necessidades e identificando a melhor aplicação para aquele modelo operacional. Partindo desse detalhamento, já é possível pré-desenvolver uma solução, mas deixando-a aberta para receber melhorias, personalizações ou implementações locais.

Aplicativos adaptáveis entregam mais possibilidades de aperfeiçoamento das competências de uma operação que busca aderência e conectividade facilitada.

A alta disponibilidade do IBM Cloud Pak for Applications é mantida e assegurada pelos recursos do Red Hat OpenShift Container Platform. Ampliar a integração entre soluções, sem vulnerabilizar a comunicação na rede significa disponibilizar aplicativos de forma imediata, segura e seguindo protocolos de segurança previamente programados através de automações. 

Quais os principais benefícios do IBM Cloud Pak for Applications?

O desenvolvimento rápido de aplicações entrega mais resultados em um curto espaço de tempo. No Cloud Pak for Applications o aproveitamento inteligente de tempo e recurso viabiliza soluções simultâneas ao problema ou necessidade. A unificação do gerenciamento de componentes em uma única plataforma através kubernetes, além de agilizar a integração de aplicativos, também acelera os resultados da governança.

A formação de equipes multidisciplinares transformam operações em soluções organizadas, automáticas e com pré-configuração, sendo possível inovar rapidamente e acessar novos modelos técnicos sem sofrer com inatividades.

O provisionamento de ponta a ponto do IBM Cloud Pak for Applications, conecta e integra recursos distintos tendo em vista a eficiência de equipes, aplicativos e processos. Desenvolvedores e arquitetos também usufruem dessas condições, podendo executar projetos de forma simplificada, orquestrada, segura e diligente.

A inovação que o IBM Cloud Pak for Applications provoca

Customizar soluções diz respeito a liberdade de proporcionar ao negócio uma aplicação específica, longe de padrões fechados e sem opção de adaptação. O IBM Cloud Pak for Applications atua no desenvolvimento de aplicativos programados para se adequar ao que cada operação espera ou precisa. 

A transformação digital pede infraestruturas abertas e sistemas habituados com a interação entre recursos, processos e políticas programadas.

No IBM Cloud Pak for Applications a tecnologia é usada para atender clientes e solucionar suas questões. Oferecer uma experiência de soluções instantâneas é automatizar diversos suportes, sem demorar para alcançar objetivos e escalar bons resultados através da potencialidade presente na união da automação com a computação em nuvem.

Hoje, não existe novo mercado sem uma rotina de integração e conectividade. Qualquer solução para ser efetiva, necessariamente deve ser aberta, interativa, flexível e adaptável. 

Automatizando Processos não documentados

Com o alto fluxo de dados processados diariamente, tratar e proteger informações de clientes ou corporações, é ação que precisa seguir normas corporativas e regulamentações externas.

Porém, para criar uma rotina automatizada, é necessário a presença de dados estruturados e processos documentados. Contudo, podemos sanar essas questões através da Hiperautomação utilizando inteligência artificial (IA).

Como processos não documentados afetam negócios?

Tarefas não documentadas inviabilizam a automação de qualquer operação. Antes de automatizar algum processo, é necessário documentá-lo e fazer a leitura de suas especificidades, para só assim, ser possível entender seu procedimento por inteiro. A inteligência artificial facilita esse trabalho de entendimento e agiliza a implementação da automação.

Documentar processos para possibilitar um operacional automatizado é padronizar o gerenciamento de dados e atividades, dialogando com os novos critérios de segurança e produtividade. Porque permanecer com serviços processados de forma antiga fragiliza a governança e perde eficácia para os novos padrões de riscos.

Reconhecer a urgência da automação de processos é se preocupar em antecipar a estruturação de dados e documentar eventos com a devida periodicidade. O Digital Process Automation (termo para hiperautomação designado pela Forrester) ou Intelligent Process Automation (como nomeado pelo IDC), estimula a maturidade do negócio através da automação, mas antes de tudo, os processos devem ser antecipadamente catalogados.

Quais são os riscos que processos não documentados promovem?

Processos não documentados e dados não estruturados inviabilizam o controle simultâneo de serviços, informações e ações confiáveis ou suspeitas. A falta de monitoramento, inspeção e registro de eventos, minimiza a seguridade dos serviços e compromete a realização das automações.

Automatizar processos é garantir a integridade dos dados, seja em circunstâncias fixas, remotas, previsíveis ou acidentais.

A ausência da automação e conformidade abriga tarefas em processos obsoletos, sem desempenhar parâmetros modernos de segurança e não sendo capaz de evitar, tratar ou identificar novos perfis de ameaças.

A documentação de processos antecede o plano de hiperautomação

Só depois de inventariar os processos, conseguimos determinar as estratégias de hiperautomação. Em sequência, desenvolvemos a capacidade de estudar necessidades, testar automações, encontrar melhores soluções técnicas e visualizar integralmente todos os eventos de um negócio.

Para implementar um plano de Hiperautomação é necessário examinar a empresa por completo após o detalhamento de seus processos, para só assim, poder estruturar e executar RPA com a inteligência artificial da hiperautomação.

Os benefícios da automação de processos

Alguns benefícios são imediatos ao cumprimento de uma rotina de processos automatizados, como a redução de erros pontuais, procedimentos inconsistentes e melhor aderência aos regulamentos internos, jurídicos ou fiscais.

Além de permitir uma eficácia operacional através do aproveitamento inteligente de tempo, time e recursos, a automação de processos controla o tráfego de dados e eventos, localmente ou na nuvem, possibilitando uma mobilidade segura.

Munida de uma metodologia dinâmica e escalável, a hiperautomação orquestra múltiplos sistemas e procedimentos, transformando qualquer tarefa em instrumento essencial para a prática de processos automáticos, em substituição ao fluxo de serviços manuais ou repetitivos.

Automatizar processos é evoluir com cautela

À medida que processos documentados e automatizados são empregados de forma articulada, é possível elevar a performance de atividades recorrentes até serviços complexos.

Por intermédio da hiperautomação e do conjunto de competências da IA, é possível automatizar processos e contribuir com o desenvolvimento do negócio. Acompanhar sem tempo de inatividade, tudo que cerca uma organização, é incorporar uma infraestrutura tecnológica compatível com as demandas oscilantes do novo mercado.

Mas ainda, é importante reforçar que para que a empresa possa usufruir da melhor forma das vantagens fornecidas pela automação, é necessário que haja governança nos processos. Assim, a evolução poderá ocorrer de forma controlada e assistida.