IBM DevOps: Aplicações modernas com o DevOps e a WebSphere

A modernização de aplicativos é uma das iniciativas mais críticas a serem enfrentadas nos negócios hoje. Com o uso de DevOps e métodos ágeis, é possível melhorar a produtividade do desenvolvedor, otimizar a rotina de trabalho e acelerar a comercialização.  

Os aplicativos tradicionais podem ser modernizados ao serem movidos para a cloud. A computação em cloud híbrida permite o gerenciamento de ciclo de vida de API, reduzindo a complexidade e os custos operacionais. 

Com os recursos do IBM WebSphere Application Server, é possível criar, conectar e otimizar aplicativos para qualquer ambiente, seja no local ou na nuvem. Por outro lado, com o IBM WebSphere Automation, você pode automatizar operações para corrigir vulnerabilidades e gerar valor rapidamente com mais segurança, resiliência e desempenho.

Neste artigo, vamos mostrar como os recursos da IBM WebSphere podem ajudar a sua empresa a desenvolver aplicações mais aprimoradas, modernizar aplicações legadas e automatizar esse desenvolvimento.

Como o DevOps ajuda a modernizar os processos de TI

A metodologia DevOps contribuiu diretamente para a cunhagem do termo “Everything as Code”. Basicamente,  pensar em “tudo como código” se resume em automatizar todos os processos da estrutura de TI a partir de códigos reutilizáveis gerenciados em um repositório de controle de versão. 

Ao tratar todos os elementos como código, a metodologia de gerenciamento e controle de soluções é padronizada. Desse modo, a colaboração entre os profissionais de Desenvolvimento e Operações é facilitada, gerando ganhos operacionais significativos.

Assim como a metodologia Agile, o DevOps tem como alicerce principal a automatização do desenvolvimento de aplicações e das rotinas de testes. Além disso, no DevOps também são implementadas métricas, esquemas de monitoramento, virtualização de processos e cloud computing. Essa metodologia possibilita analisar dados, examinar práticas e avaliar conceitos para criar condições tecnológicas satisfatórias.

Mas o grande diferencial do DevOps está em sua alta capacidade de otimizar a comunicação entre os times envolvidos e o cliente. Tradicionalmente, em ambientes de TI grandes e complexos, era comum isolar as funções das equipes de Operações, Segurança e Aplicativos. A metodologia DevOps oferece a oportunidade para essas equipes trabalharem mais perto dos requisitos de negócios e ao mesmo tempo equilibrarem velocidade e risco.

Ao adotar as ferramentas de DevOps, as equipes de Operações e de Desenvolvimento se unem para compartilhar responsabilidades e implantar novas aplicações com rapidez e eficiência. O foco é criar aplicações de maneira colaborativa, com a participação de todas as equipes. Esse aumento de agilidade impulsiona também todo o ciclo de inovação, tanto pela rapidez na criação e implantação de novas aplicações, quanto pela melhoria da experiência dos usuários.

O que é o IBM WebSphere Application?

A WebSphere é uma família de softwares da IBM para criação e execução de aplicações baseadas no padrão Java J2EE, fornecendo também infraestrutura para integração de aplicações corporativas. 

O IBM WebSphere Application Server impulsiona o fornecimento de aplicativos com um ambiente de tempo de execução baseado em Java™ Enterprise Edition (Java EE) altamente confiável. Com ele, é possível criar, conectar e otimizar aplicativos para qualquer ambiente, seja no local ou em uma cloud pública, privada ou híbrida.

Essa tecnologia é compatível com microsserviços e modelos de programação baseados em padrões projetados para ajudá-lo a se modernizar no seu próprio ritmo. Com ele, você pode ganhar maior visibilidade nas cargas de trabalho, analisar aplicativos corporativos e avançar na sua jornada para o Kubernetes.

Principais recursos:

  • Visibilidade

Obtenha visibilidade em tempo real e reconhecimento de aplicativos em cargas de trabalho multicloud.

  • Análise de aplicativo