Application Integration para IoT

artigo-integration-iot

O conceito, que tudo estará de alguma forma conectado à internet produzindo informações está cada dia mais próximo de empresas de todos os tamanhos. Por conta disso, é mais importante do que nunca considerar a Interação de Aplicações.

A Interação de Aplicações

A Interação de Aplicações é um modelo que consiste em um conjunto de ferramentas que consegue transmitir dados entre aplicativos.

Digamos, que uma empresa deseja aumentar o número de vendas nas lojas. Ela pode usar aplicativos que coletam dados diretamente dos usuários, de modo a entender e codificar o seu comportamento, prevendo o padrão de compras, de acordo com um determinado número de variáveis, como a região, por exemplo. Esses dados, ainda precisam ser integrados com o gerenciamento de relações com o cliente e informações obtidos de fontes parceiras. Com esses recursos, é possível direcionar anúncios e mesmo modificar o layout das lojas.

Generalizando, todos os ativos de uma empresa estão sempre produzindo dados. A melhor maneira de usar essas informações é fazendo com que eles conversem, combinando recursos de modo a obter uma resposta mais eficiente.

 

A Comunicação e IPaaS

O desafio, então, é fazer esses aplicativos conversarem, de maneira eficiente e automática. Grandes empresas precisam se preocupar com o fluxo de dados entre os diversos ativos e departamentos.

Esse processo, porém, pode ser muito complexo, especialmente quando falamos de IoT. A dificuldade de conectar um grande número de aplicativos que se comportam de maneiras diferentes e uma alta quantidade de dados significa que esse tipo de serviço precisa ser bem personalizado e feito por especialistas.

A escolha das ferramentas para a Integração das Aplicações também depende do tamanho e complexidade de cada empresa. Entretanto, uma alternativa que pode facilitar a comunicação em diversos cenários é o modelo de IPaaS, Integration Plataform as a Service, ou Serviço de Pataforma de Integração. Este, é um conjunto de ferramentas automatizadas que fazem a conexão de softwares de ambientes diferentes. Essa solução é bastante utilizada por sistemas de TI corporativos e serviços online, pois estes geralmente precisam ligar aplicações in loco, serviços na nuvem, informações de parceiros, entre outros.

Contudo, o aspecto mais importante a ser pensado é o da segurança. Com a ligação entre todos os aplicativos, cada um deles passa a representar uma possível falha na segurança da rede como um todo. Esse aspecto torna a IPaaS mais importante ainda.

Mesmo que hajam muitas dificuldades para a Integração de Aplicações, o IPaaS possui ferramentas para agilizar e garantir maior segurança, como um conjunto básico de conectores pré-projetados e com as regras mais comuns que facilitam o processo. O modelo geralmente oferece os servidores e ferramentas para construir, testar e gerenciar os aplicativos tanto na nuvem, como em ambientes mais tradicionais, já que a maioria das grandes empresas tem uma combinação de ambos. Além disso, o modelo é escalável, ou seja, é capaz de crescer conforme o tamanho do negócio.

O aumento da cooperação entre ativos e departamentos é um fator chave para o crescimento, e com a Internet das Coisas, essa interação é ainda mais factível, pois através da correlação de dados gerados por diversos dispositivos é possível tomar ações mais acertadas e ter insights sobre o negócio.

Esse tipo de integração, por exemplo, é usada em empresas que medem a emissão de CO2, com satélites e diversos sensores, para monitorar o clima. Uma outra aplicação é a criação de uma plataforma de comunicação integrada automaticamente durante todas as etapas de um tratamento de saúde.

Então, caso sua empresa já esteja migrando para IoT, é importante antes de tudo se preocupar em como as aplicações irão se integrar para que possa obter os melhores resultados desta tecnologia.

 

Saiba mais sobre outras tendências tecnológicas:

Internet of Things – Conheça os benefícios
Computação Cognitiva – Insights para transformar negócios
Gêmeos Digitais – O futuro das indústrias
Inteligência Artificial – Descubra a visão dos executivos
Cloud Computing – Conheça os modelos de nuvem
Edge Computing – A evolução da cloud para IoT
Blockchain – Muito além do bitcoin

Posts Relacionados

Comentários