Automação de TI versus Negócios

artigo-automacao-ti-negocios

Um plano de automação de TI tem propósito diferente das linhas práticas da automação de negócios. Enquanto no primeiro caso o foco é automatizar processos manuais de TI, no segundo o objetivo é alinhar o gerenciamento de BPM (processos de negócios) e BRM (regras de negócios) através de aplicações modernas.

Como diferenciar esses dois formatos de automação?

A automação da infraestrutura de TI acontece por intermédio de uma abordagem integral, visando associar processos e eliminar atividades repetitivas ou manuais. Essa configuração técnica reduz erros humanos, eleva a produtividade do operacional e otimiza tempo no tratamento de tarefas mais complexas ou periódicas.

Na automação de negócios, a prioridade vai além da busca por simplificar processos e operações: seu intuito é praticar estratégias para automatizar todas as etapas de uma organização. Seja no administrativo, operacional ou no pós-venda, tudo pode ser potencializado via automação direcionada ao negócio como um todo.

O que automatizar no TI e nos Negócios?

No ambiente de TI, podemos automatizar processos como o de provisionamento de sistemas ou máquinas virtuais, assim como virtualização de indicadores de desempenho e de aplicativos ou servidores. Nesse panorama de TI, fica fácil definir e praticar as políticas de conformidade e gerenciamento de risco. A padronização da infraestrutura entrega mais produtividade, qualidade e segurança para o contexto holístico de TI. Saiba mais sobre o potencial da Automação de TI neste artigo.

Em ambientes de negócios, podemos aplicar automação em amplas funções e rotinas. Seja automatizando registros de vendas, autoatendimento baseado em chatbots e acompanhamento da experiência do cliente via contato automático no pós-venda. Nessa categoria de automação, a CD (Entrega Contínua) é aperfeiçoada, graças aos métodos de IC (Integração Contínua) presentes em todas as etapas do negócio.

A TI é invariavelmente envolvida em ambas as situações, visto que cada vez mais as empresas estão se digitalizando. Logo, podemos concluir que a automação da TI ajudará proporcionalmente a automação dos processos de negócios, por consequencia.

Quais os benefícios da automação de TI e de Negócios?

Nos dois cenários, a automação facilita a governança e a compliance. Mesmo assegurando mais autonomia para processos e sistemas, visualizar e examinar automaticamente múltiplas atividades, acaba gerando mais segurança e sinergia para negócios ou operações de TI.

Esse conjunto de qualidades exercitado pela automação, opera em qualquer realidade, seja em demandas simples ou complexas, e durante todos os níveis de fluxo de trabalho. Com base em modelos e scripts antecipados, é possível criar aplicativos, implantar recurso de clouds, personalizar atualizações e oferecer mobilidade para uma UX (experiência do usuário) mais dinâmica.

Fazer mais através da automação

A automação ajuda na valorização dos dois principais recursos de TI e de qualquer negócio: tempo e pessoas. Fazer da automação um ideal comum, seja qual for o ambiente ou projeto, é evoluir serviços através de uma transformação digital estrategicamente humanizada, direcionada e aplicada. Automatizar é permitir o desenvolvimento da maturidade geral dos negócios e dos serviços de TI.

Posts Relacionados

Comentários