Benefício da computação cognitiva nas escolas

escola-cognitiva

Não é possível falar sobre computação cognitiva nas escolas e seus benefícios sem mencionar as capacidades do Watson. Este programa desenvolvido pela IBM pode analisar dados e oferecer uma visão 360 graus dos alunos.

A tecnologia de computação cognitiva Watson inserida na educação pré-escolar avança em todo o mundo. Uma nova plataforma educacional começa a se adequar às preferências de aprendizado e aos níveis dos discentes.

Levando em consideração os avanços da ferramenta criada pela IBM, falamos sob o ponto de vista de como a computação cognitiva nas escolas se adapta e evolui a partir do Watson. Em grande parte, o desenvolvimento do cérebro ocorre nos primeiros 5 anos de vida, tornando esses anos críticos para o desenvolvimento da aprendizagem da criança.

Com o material didático e a capacidade de aprender do Watson, compreender padrões e adaptar conteúdos, interfaces interativas e plataformas desenvolvidas pelas instituições podem ajudar a fortalecer a leitura precoce, identificar e recomendar a intervenção quando necessário, bem como criar uma aprendizagem altamente personalizada, complementando os papéis que os pais e professores desempenham na aprendizagem na primeira infância.

Isso para início de conversa!

O objetivo é levar a aprendizagem adaptativa para o próximo nível; a criação de plataformas educacionais que alavancam a computação cognitiva nas escolas para avançar fundamentalmente na forma como as crianças pequenas aprendem.

 

Uma aplicação da computação cognitiva nas escolas em relação a leitura

Para aprender a ler, pode-se desenvolver uma aplicação que lê com a criança, criando experiências de jogos interativos e usando suas próprias palavras. Por exemplo, o garoto é informado pela computação cognitiva “Vamos jogar bola com o cachorro”.

Então, a ferramenta analisa a resposta da criança em tempo real e se adapta dinamicamente aos seus interesses com base no conteúdo, de modo que a leitura é mais divertida ao completar histórias com personagens, animais, lugares e brinquedos que a criança gosta.

Com as capacidades de computação cognitiva incorporadas às habilidades do desenvolvimento de uma criança ao longo do tempo (por exemplo, pratica o alfabeto ou conta até 20) os resultados são impressionantes.
Um aplicativo que atenda às recentes descobertas de aprendizado de ciências para ajudar os professores a conceber experiências de aprendizagem adaptadas às necessidades individuais de cada aluno pode ser desenvolvido.

A computação cognitiva é uma ferramenta com um enorme potencial. O que há de novo agora é que, graças à nuvem de computação cognitiva nas escolas, essa tecnologia poderosa está disponível para qualquer instituto educacional.

Esta disponibilidade faz com que surjam diversas iniciativas buscando levar a tecnologia para ajudar a todos que necessitam de aprendizado. O fato de todo o conjunto de módulos cognitivos esteja em nuvem faz com que o acesso às aplicações se torne muito mais fácil e rápido.

Especificamente, serviços baseados em computação cognitiva podem ser adotados para administração e gerenciamento e atividades de aprendizado também. Do ponto de vista do e-learning, algumas experiências testemunham como a computação cognitiva nas escolas podem ser aceleradoras para as conquistas dos alunos e um suporte valioso para os professores.

Posts Relacionados

Comentários