DLP: Saiba como suas informações são utilizadas

DLP-artigo

Com o avanço da tecnologia da informação, as empresas processam, gerenciam e armazenam uma quantidade cada vez maior de dados e informações em seus sistemas, e com isso aumentam os riscos de vazamento de dados e a consequente preocupação em protegê-los.

Tanto o uso indevido das informações quanto ações não intencionais podem ocasionar o vazamento de dados sensíveis e impactar negativamente os negócios da organização.

O DLP (Data Loss Prevention) é um software de monitoramento e proteção de dados que se apresenta como uma estratégia para classificar e controlar informações internas, impedindo seu vazamento no ponto mais alto de risco: no tráfego de saída dessas informações.

Para isso, a plataforma DLP usa ferramentas como criptografia, permissões de acesso e monitoramento das atividades. A implementação do DLP previne que os usuários internos compartilhem informações de modo acidental ou intencional.

Atualmente, com as práticas de negócios digitais, não só os funcionários são considerados usuários internos, como também fornecedores e parceiros que podem ter acesso aos dados de uma empresa.

Alguns exemplos de dados sensíveis e críticos incluem:

  • Propriedade intelectual: códigos-fonte, documentos e processos internos, listas de preços internas.
  • Dados corporativos: documentos financeiros, planejamentos e estratégias de negócios, pesquisas de aquisições de mercado, informações sobre funcionários.
  • Dados de clientes: números de cartões de crédito, números de documentos pessoais, informações financeiras.

Depois da classificação das informações como sensíveis, métodos são definidos para as operações executadas. Se no momento da execução houver a suspeita de algum tipo de risco, notificações ou alertas são emitidos ou as ações são bloqueadas pelo sistema.

 

Os benefícios do método DLP para as empresas

 

Visibilidade dos riscos

As organizações se conscientizam dos riscos a que estão expostas no tráfego de saída de dados, pois as soluções DLP permitem visualizar as informações que saem das empresas.

 

Adequação à legislação e proteção da imagem

Como as ferramentas de DLP permitem às empresas visualizar a movimentação e o armazenamento dos dados, ajudam a cumprir os regulamentos de proteção das informações, impedem gastos com multas e danos à sua reputação.

 

Educação e conscientização dos funcionários

O DLP funciona como política de proteção de dados. Ao detectar a violação de alguma regra, lembra aos funcionários as políticas de segurança da empresa por meio de notificações a alertas.

 

Ambiente de segurança flexível

As soluções tradicionais de segurança da informação permitem ou bloqueiam acesso e troca de dados com base na fonte, no destino ou no canal utilizado, o que pode limitar a capacidade das empresas de adotar novos canais de comunicação. A utilização do DLP permite o acesso a diferentes canais e ao mesmo tempo controla o conteúdo que será trocado e disponibilizado nos destinos, oferecendo flexibilidade com segurança.

 

Monitoramento dos dados

Saber onde estão os dados de uma organização é um dos maiores desafios de segurança. Os funcionários estão utilizando as informações e elas podem acabar em qualquer lugar. O DLP ajuda a monitorar quem está recebendo e enviando dados e também a saber quais usuários têm cópia das informações.

 

As ferramentas DLP impedem ameaças internas e perda de dados sensíveis das empresas, oferecendo monitoramento e proteção das informações ao serem acessadas e compartilhadas pelos usuários, prevenindo riscos e preservando a imagem e os negócios das organizações.

Posts Relacionados

Comentários