ODM: Como otimizar suas decisões recorrentes em TI

artigo-odm

A tecnologia para gerenciamento de regras de negócio da IBM “Operational Decision Manager” permite o gerenciamento da lógica comercial fora dos aplicativos de uma maneira centralizanda, reduzindo a dependência dos profissionais de negócios em TI e capacitando-os a criar e gerenciar regras para a empresa.

Com o aumento da automação das decisões empresariais, a essas fica mais limitado o risco de interpretação de normas e leis do comércio, gerando cada vez mais documentações e relatórios de auditoria precisos.

Ainda, a tecnologia também pode ser utilizada para melhorar a segurança das transações de negócio da empresa, com sistemas inteligentes que analisam as transações de negócio históricas para diferenciar as ações suspeitas das legítimas e através da possibilidade de detectar e reagir à ameaças e vulnerabilidades, permitindo responder rapidamente às mudanças das condições de negócios, criando um sistema de detecção de fraude que se adapta rapidamente as novas ameaças.

Outra vantagem é a possibilidade de registrar as ações criando históricos e modelos analíticos para fornecer contextos de decisão e identificar novas possibilidades de transações fraudulentas. Às empresas também é possível avaliar o perfil dos clientes para criação de programas de fidelização e informações para direcionamento de compras e vendas.

 

Como implementar ODM em sua empresa

O “IBM Operational Decision Manager”, é uma das ferramentas disponíveis no mercado que permite a otimização de decisões recorrentes em TI é uma plataforma que possibilita aos profissionais de negócio gerenciar e automatizar regras comerciais, eventos e definições operacionais que se repetem constantemente e afetam o desempenho do negócio.

Uma das formas de implementar de maneira rápida é a utilização desta plataforma em nuvem, que traz economia, flexibilidade, portabilidade, sustentabilidade e a otimização da equipe de TI na gestão dos negócios.

A ferramenta é composta por dois componentes principais:

O Decision Center possibilita a criação e manutenção das regras pelas áreas de negócio através de uma interface WEB, possuí politicas de segurança com diversos papeis, desde de simples visualizador até administrador. Essas regras também podem ser definidas e atualizadas no Decision Center. As mesmas são armazenadas em um repositório que as gerencia e controla. A partir de então, as regras são implantadas no Decision Server, que as executa e fornece instalações de monitoramento e medição. As regras também podem ser implantadas diretamente no Decision Server utilizando-se o Designer de Regras ou Designer de Eventos

O Decision Server, que é onde as regras são implementadas e as decisões são processadas, com ferramentas de controle do tempo de execução de regras e eventos comerciais. Vários componentes dão acesso a diferentes tipos de usuários, permitindo a concepção, autoria, revisão, teste e execução das regras de negócios.

 

Caso de sucesso

No Brasil as Empresas de seguro começaram a fazer a análise de perfil dos clientes criando regras de preço complexas e com fácil manutenção, e agora estão evoluindo também para a detecção de fraude nas solicitações de indenização.

Nos últimos anos, o banco italiano Credito Valtellinese Bankadati vinha passando por uma mudança crucial. Os seus clientes – e não a tecnologia – começaram a nortear o caminho estratégico da empresa, exigindo uma agilidade de TI e de processos sem precedentes.

Passar de um modelo de negócios centrado no produto para um modelo centrado no cliente exigiu que o Credito Valtellinese Bankadati precisasse racionalizar sua habilidade de melhorar dois mil processos de negócios.

Como solução, a empresa utilizou a tecnologia abordada neste artigo para acelerar a implantação de processos operacionais e voltados ao cliente. O resultado foi que o banco italiano conseguiu reduzir em mais de 90% o tempo necessário para oferecer soluções de melhoria de processos comerciais: de dias, o tempo de resposta passou para quatro horas.

Posts Relacionados

Comentários